Brasil – Atual momento político – maio 2017

A ADCE – Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa – entende que as condições atuais brasileiras exigem um compromisso dos homens públicos, diferente do que se pratica hoje em dia e que um futuro melhor só será possí­vel pelo caminho da democracia, da Constituição e das instituições, sempre regidas pela ética, orientadas para o bem comum e em favor da dignidade do ser humano.

O Estado brasileiro está inchado e tem tamanho e custo excessivos em relação à capacidade contributiva dos seus cidadãos. Além do mais, é ineficiente e presta serviços de qualidade aquém das necessidades de sua população, especialmente na educação, atividade essencial e prioritária na transformação da nossa sociedade.

Defendemos um Estado mais enxuto, ágil e eficaz na sua capacidade de regular o mercado, segundo normas estáveis e duradouras, e com atuação nas áreas que só a ele compete.

Nossa democracia é jovem e imatura. Por um lado, pelo baixo comprometimento das lideranças polí­ticas que se rendem ao capital que as financiam, praticam o “toma lá dá cá”, e atendem os interesses particulares em detrimento do coletivo e do bem comum. Por outro, pela incapacidade da população de criticar e de realizar boas escolhas quando do exercício do voto.

Somos a favor das reformas que modernizem a polí­tica e o Estado, do livre mercado, da competição e do lucro justo e honesto, mas consideramos inaceitável qualquer armação ilegal entre poder público e a iniciativa privada, e que o interesse financeiro se sobreponha à dignidade humana.

Esta exigência moral e ética também deve alcançar toda a sociedade, pois existe arraigada em nossa cultura certa tolerância aos pequenos deslizes, que são as sementes que futuramente produzirão os graves escândalos públicos e privados.

Devemos estar atentos para evitar a vida dividida quando desconectamos nossa fé e nossos valores, das ações do dia a dia. Ser firmes no combate à corrupção, intransigentes na malversação dos recursos públicos. Devemos ser incansáveis na geração de riqueza de forma sustentável e promover sua distribuição de maneira mais justa.

Acreditamos e trabalhamos para cumprir a missão da ADCE: estimular lí­deres para que a gestão empresarial tenha como referência o ensinamento social cristão – ética, solidariedade, justiça, verdade e bem comum – e fortalecer os valores que embasam o bom funcionamento das empresas, famí­lias e da sociedade.

Um Brasil melhor é possí­vel e depende de cada um de nós. Por isto, conclamamos todos os empresários, empreendedores e dirigentes de empresas a contribuir de forma efetiva, com atitudes e exemplos concretos, visando a reorganização da nossa sociedade para que ela seja ética, honrada, justa e fraterna.

São Paulo, 25 de maio de 2017.

Gigi Cavalieri
ADCE-SP

Sérgio Cavalieri
ADCE UNIAPAC BRASIL