RISCOS À VISTA

Brasília sempre foi tida numa espécie de folclore como a Ilha da Fantasia do Brasil. Tem sido assim há anos. Acentuou-se com o deslumbramento novo-rico do lulo-petismo que dominou o poder por 13 anos, destroçando a moralidade pública e o tesouro nacional e, de algum modo, persiste na prática modorrenta, incabível, dos políticos de plantão, dos governantes e dos demais membros dos três poderes, de usar o Estado e máquina pública como propriedade particular e objeto de butim permanente.

Continue lendo RISCOS À VISTA

A DEGRADAÇÃO DA VIDA PÚBLICA

No trecho abaixo o leitor encontrará o que escrevi no Diário do Comércio em 5 de março de 2012, portanto há cinco anos e bem antes da reeleição de Dilma e da revolta geral dos brasileiros contra a corrupção deslavada.

“A cada coluna eu poderia citar pelo menos três grandes situações de incredulidade que envolvem a promíscua relação no Brasil de seus políticos, governantes, dirigentes, com a transferência do dinheiro público para os interesses pessoais. Sabendo, os envolvidos, claro, que nunca perderão o que roubam e nem irão para a cadeia. Vida fácil nesse País – não de todos, mas de tolos. Para os ‘izpertus’.

Continue lendo A DEGRADAÇÃO DA VIDA PÚBLICA

São Paulo 463 em busca da salvação

Há quem reclame do prefeito João Dória por estar dando importância a detalhes de limpeza, pintura, pichação, murais, enquanto a cidade de São Paulo tem graves problemas estruturais e gerenciais. Não concordo.

A herança de Dória é que é maldita. Não só pelo que a gestão Haddad fez de ruim à cidade, tornando-a mesquinha e miserável, mas também pelo fato de que a ordem urbana começa pelo cuidado de zeladoria como o novo prefeito está fazendo.

Continue lendo São Paulo 463 em busca da salvação

ERA DE INCERTEZAS

A partir desta sexta-feira, dia 20 de janeiro, o mundo entra em uma nova era de incertezas (na qual já está o Brasil). Quem diz que sabe o que e como fará Donald Trump à frente dos Estados Unidos  estará mentindo. Nem ele próprio talvez saiba.

Uma coisa é certa e nem é preciso entrar no mérito de seu pensamento, sua visão, seu jeito de agir, a falta de previsibilidade de como irá se comportar como importante liderança mundial deixa todos de cabelos em pé. Sem topete.

Continue lendo ERA DE INCERTEZAS

APOCALIPSE?

Sou só eu ou você também tem a sensação de que o país está derretendo? Desmanchando?

O interessante é que tudo que tem vindo à tona sempre existiu. Foi exacerbado na gula lulopetista, na incompetência dilmista, mas envolve todo o mundo e submundo a vida nacional.

Um espetáculo ofensivo, despudorado, desrespeitoso, criminoso, contra a população ordeira, sofrida, trabalhadora.

Continue lendo APOCALIPSE?

O POVO QUE SE EXPLODA

No dia 21 de março de 1971, portanto há 45 anos, comecei minha vida como repórter da Jovem Pan e desde os primeiros meses, sempre cobrindo a área política. Fui, por dez anos, repórter político da Folha, depois de ter passado alguns anos também na TV Tupi e Rádio Capital, como comentarista político.

Comecei no período em que o país estava sob governo militar, com AI-5, Decreto 477 (proibia reuniões estudantis) e desde então, acompanha a vida nacional a cada passo. Minha coluna no Diário do Comércio completou este ano 44 anos de publicação ininterrupta, sempre falando e comentando a cena política e social do Brasil.

Continue lendo O POVO QUE SE EXPLODA

PALHAÇADA

Deveria pedir licença ao leitor e dizer, como forma de escape, que não é algo generalizado, mas o que os políticos, congressistas e alguns membros do atual governo fazem com o Brasil é uma palhaçada. Não tem outro termo.

O governo atual e o mesmo Congresso que fez o impeachment de Dilma estão se esforçando o quanto podem para se revelar no mesmo nível de antibrasileirismo que o PT demonstrou no poder.

Continue lendo PALHAÇADA

AINDA HÁ MUITO A MUDAR

Não há como negar que o Brasil amadureceu muito nesses últimos anos.  A existência das operações Mensalão e Lava Jato, nascidas em função dos desmandos jamais vistos na história deste país, como na finada e não saudosa era lulu-petista, propiciou movimentações sócias e políticas que de algum modo despertaram o interesse de uma parte maior da população sobre o que se passava e passa na vida nacional.

Continue lendo AINDA HÁ MUITO A MUDAR

ODIOSO FORO PRIVILEGIADO

O texto que você vai ler abaixo foi por mim publicado no Diário do Comércio de 15 de dezembro de 2014. Algumas coisas aconteceram, outras, como o foro privilegiado, ainda não. Vale a pensa insistir. Se deu certo com Lula, Dilma, o PT, fora do poder, esse privilégio odioso, injusto, um dia acaba também.

O país não pode se conformar com a corrupção em larga escala, que o PT pratica e escamoteia.

Continue lendo ODIOSO FORO PRIVILEGIADO

Chororô de Lula

A Folha de São Paulo publicou hoje em sua página de Opinião artigo atribuído a Lula, ao menos por ele assinado, intitulado “Por que querem me condenar”, onde mais uma vez Lula se vitimiza e se põe no papel de coitadinho perseguido.

A arenga lulista é mais uma prova irrefutável de que o ex-presidente perdeu totalmente o contato com a realidade do país. Ou, em seus devaneios de líder messiânico, só entende o que quer e a seu favor, negando o que se passa à sua volta e se apegando aos sonhos de “golpe”, “perseguição política”, para não assumir de frente seu agora rotundo fracasso como governante e político que perdeu o rumo da história pela ganância de poder e vida de burguês.

Continue lendo Chororô de Lula